Núcleo do Ribatejo da ASBIHP realizou 1º Colóquio

O Mithós-Núcleo do Ribatejo da ASBHIP organizou no passado sábado dia 11 de Fevereiro o  seu 1º Colóquio de Spina Bífida, Hidrocefalia, Incontinência e Ulcera de Pressão. 

Contando com o apoio da Câmara Municipal de Vila Franca de Xira, da Junta de Freguesia de Vila Franca de Xira, do Hospital Dona Estefânea, do Hospital de Vila Franca de Xira, do Ateneu Artístico Vilafranquense, do agrupamento de Escolas Alves Redol e de alguns cidadãos anónimos. Na sessão de abertura esteve presente pela parte da Câmara Municipal o Vereador Fernando Paulo Ferreira, por parte do Mithós, o seu presidente, o Sr. Carlos Azevedo e o Dr. Mário Paiva, em representação do Conselho de Administração do Hospital de Vila Franca de Xira. Este Colóquio contou com duas partes de extrema importância. Na primeira parte do Colóquio, um painel de oradores vindos do Hospital de D. Estefânea apresentou a Spina Bífida e Hidrocefalia, desde a gravidez ao parto, passando por descrever esta deficiência em todas as suas dimensões, frisando sempre que a Spina Bífida e Hidrocefalia é uma multideficiência que abrange vários órgãos e tem vários níveis. Assim sendo, A Dra. Eulália Calado, directora do serviço de neurologia do HDE apresentou a Spina Bífida na sua generalidade, tendo a Dra Margarida Abranches, a Dra Fátima Alves e o Dr. Rui Alves versado a Incontinência Urinária e a Incontinência Fecal e a Nefrologia Pediátrica. A Enfermeira Andreia Moura alertou na sua apresentação para a necessidade dos cuidadores, educadores, auxiliares de educação e professores de serem formados e sensibilizados para os cuidados urológicos destas crianças, por forma a uma integração mais efectiva. O Dr. Humberto Marreiros apresentou a temática da osteoporose e das fracturas ósseas ligadas a esta deficiência e o Dr. Mário Paiva, pelo Hospital de Vila Franca de Xira fez uma apresentação geral da deficiência e do seu impacto, tanto nas famílias como nos médicos de Pediatria Geral. O Colóquio contou ainda com uma segunda parte que trouxe a temática da Integração das crianças e jovens portadores de Spina bífida e de outras deficiências nas actividades diárias, na escola, na vida activa e no desporto com a apresentação de uma experiência de um campo de férias, denominado “Arco Íris – dar cor ao Sucesso, Capacitando”, feita pela Prfª Isabel Malheiro, tendo as linhas mestras da integração no Ensino e no Mercado de Trabalho, assim como as experiências do dia-a-dia sido apresentada pela Profª Conceição Militão, do Agrupamento de Escolas Alves Redol, e a temática da Integração no desporto pela Profª Susana Ferreira, também do Agrupamento de Escolas Alves Redol e professora e treinadora de natação da equipa de natação adaptada do Mithós- Núcleo do Ribatejo da ASBHIP

A iniciativa reuniu largas dezenas de interessados, entre técnicos de saúde, autarcas, professores e educadores, associações, escola e pessoas afectadas por Spina bífida e seus familiares. Também esteve presente por parte da CNOD (Confederação Nacional dos Organismos de Deficientes) o Dr. Augusto Hortas e uma delegação da Feira Viva, de Sta. Maria da Feira.

 A iniciativa foi um sucesso.

Manuela Ralha

Núcleo do Ribatejo da ASBIHP 

Relações Públicas e Marketing 

Outras notícias

A ASBIHP desceu a Avenida !

25A ASBIHP desceu a Avenida Integrada na comitiva da @apd_nacional a ASBIHP, alguns associados, família e amigos desceram a Avenida para lembrar os direitos conquistados pelas pessoas com deficiência e representar, na marcha, a voz da nossa Associação na comemoração...

Associados e associadas vão ao teatro com a ASBIHP!

Um grupo de associados e associadas assistiu hoje à peça "Heróis do Infinito" da @acompanhiajgm com a incrivel @catarinawallenstein no Museu do Teatro e da Danca, em Lisboa. Cultura acessível em termos de gratuidade e em termos de mobilidade é fundamental para trazer...

Assistimos às Jornadas da Infância em Cascais!

A ASBIHP está hoje representada pela sua Presidente da Direção, Liliana Sintra, nas "V Jornadas da Infância" organizadas pela Plataforma Crescer Melhor em Cascais, a ter lugar no Estoril. Porque acreditamos que a deficiência não pode estar reservada a eventos de nicho...